quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Livro

"Fui para os arbustos próximos e andei um pouco. Tudo estava muito nítido. Reparei que eu estava vendo no escuro, mas desse vez importava muito pouco. O importante era saber por que Mescalito me evitava." (A erva-do-diabo, Carlos Castañeda, pag. 154)

Nenhum comentário:

Postar um comentário